Voltar para o Topo

ASEc+ participa de Oficina de trabalho sobre saúde mental de adolescentes do UNICEF em Brasília

Nos dias 7 e 8 de dezembro, nossa CEO voluntária Juliana Fleury, esteve em Brasília para participar da Oficina de trabalho sobre saúde mental de adolescentes do UNICEF. O encontro contou com a participação de especialistas em saúde mental e representantes do terceiro setor como a ASEc+, que atua em parceria com o UNICEF na promoção de saúde mental de adolescentes e jovens. 

Com a pandemia do COVID-19, houve um aumento nos índices de sofrimento emocional entre jovens e adolescentes, sendo recorrente transtornos como ansiedade e depressão. Para ajudar a modificar esse cenário, o UNICEF Brasil tem criado junto a parceiros uma série de políticas de enfrentamento. O encontro teve como objetivo avaliar e gerar recomendações sobre a proposta do UNICEF no Brasil na área de promoção da saúde mental de adolescentes.

 “Pudemos nos encontrar presencialmente com pessoas de várias regiões do Brasil,  com diversas formações e vivências, no intuito de olhar as práticas que estão sendo realizadas. Essa diversidade é fundamental para refletir sobre os próximos passos, no aprimoramento das iniciativas e em termos de influenciar políticas públicas.”

                                                                                 – Juliana Fleury

Além da presença de organizações parceiras, o evento contou com a presença de cerca de  40 participantes de diversas partes do Brasil incluindo do Território Amazônico (TAM), do Semiárido Brasileiro e Sudeste (SAB), e representantes de universidades que passaram a atuar no atendimento da plataforma “Pode Falar”.

A ASEc+ contribuiu com apresentação sobre a educação socioemocional, e sua experiência na participação da rede de cuidado entre pares, abordando as questões de fortalecimento emocional, letramento e engajamento participativo de jovens adolescentes.  Baseada na sua trajetória desde o início da pandemia,  ela destacou a Iniciativa “Promover para Prevenir”,  e o  lançamento do Movimento Saber Lidar além da Geração Zelo.

 

 

Prev Post

A importância da promoção da saúde mental no ambiente de…

Next Post

EscolaQPrevine: Iniciativa promove habilidades emocionais para vida de professores, funcionários…

post-bars

Leave a Comment